Sim, Terraforming Mars é tudo isso! E quanto mais você joga, percebe que ele é muito mais.

Terraforming Mars conseguiu juntar um jogo com tema de ficção cientifica com um fator econômico que logo de cara já me agrada muito. Além disso, ele traz mecânicas de draft, jogadores com diferentes habilidades, controle de área e uma das coisas que mais gosto no jogo, o tal do engine building, em que você vai crescendo e preparando a sua área de jogo pra montar aquele combo matador! Fora aquele take that (os famosos meteoros!) que pra muitos pode parecer apelativo, mas pra mim dá uma pitada a mais e cria uma interação legal (ou não) entre os jogadores. Existe também uma corrida para conquista dos marcos e pelos prêmios patrocinados, que obriga você a ficar de olho no avanço dos adversários.

tabuleiro principal

Como todo jogo com mecânicas de draft, assimetria e formação de combos, o Terraforming Mars tem uma certa curva de aprendizado, por isso, fatalmente, jogadores experientes levarão vantagem sobre os novatos. Para minimizar isso, jogue algumas partidas com as corporações básicas e sem o draft, você terá um fator sorte mais presente, mas vai te ajudar a se familiarizar com os combos e as cartas de projeto (apesar de ser tanta carta que vai ser difícil repetir a mesma estratégia duas vezes).

Eu acho a arte e o lore (a historinha contada) das cartas muito legal e bem amarrados ao tema (tem quem ache a arte horrível), e o jogo se encerra quando todos parâmetros considerados suficientes para colonizar o planeta forem atingidos (missão cumprida!).

cartas do jogo

Pela existência de diversas formas de se pontuar, uma enorme quantidade de cartas de projetos e combos possíveis e diversas expansões já lançadas. Terraforming Mars tem um alto grau de rejogabilidade e por isso deve permanecer por muito tempo na minha (e na de muitos) lista de top jogos de todos os tempos.